Primeira plataforma de petróleo construída no ES deixa estaleiro no litoral de Aracruz

Primeira plataforma de petróleo construída no ES deixa estaleiro no litoral de Aracruz

A plataforma P-68, que vai ser utilizada na produção de petróleo e gás na região da Bacia de Santos, foi lançada ao mar na manhã da última segunda-feira (16). A plataforma foi produzida pelo Estaleiro Jurong Aracruz (EJA), no litoral do município.

Medindo 316m de comprimento e 54m de largura, a P-68 terá a capacidade de produção de até 150.000 barris de petróleo por dia (BOPD) e possui capacidade de armazenamento de 1,6 milhão de barris, podendo acomodar até 154 pessoas. A plataforma, considerada um marco para a empresa, já está em alto mar, começou a ser construída em 2014 e chegou a gerar 4.400 empregos em períodos de pico. Esse foi o primeiro projeto de uma unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás do EJA.

“O Estaleiro Jurong integra, sem dúvida, nossa cadeia econômica e também parte do tecido social e econômico do Espírito Santo, principalmente Aracruz. É muito importante para o município ter esse empreendimento instalado em nosso litoral, promovendo oportunidades de emprego e o desenvolvimento da região”, comentou o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri.

Já o presidente do EJA, T. Guhan, afirma: “Temos o compromisso de ampliar nossos negócios aqui, fornecendo à indústria offshore de petróleo e gás soluções de engenharia de classe mundial e promovendo ativamente o desenvolvimento de habilidades, educação, oportunidades de emprego, assistência de saúde e outros resultados sustentáveis que promovam o progresso de nossas comunidades”.

TEXTO: Luã Quintão
E-MAIL: lrangel@aracruz.es.gov.br

FONTE: http://www.aracruz.es.gov.br/noticia/87712/