Nova arborização em calçadas garante sombra e acessibilidade

Nova arborização em calçadas garante sombra e acessibilidade

Em breve o entorno da CMEB Profª Maria Luiza Devens, o antigo Caic, no Bairro de Fátima, terá um paisagismo novo e Calçada Cidadã. Com as adequações, o local terá rampas niveladas à rua e piso tátil para pessoas com deficiência visual. Já as árvores da espécie Oiti, plantadas em volta da escola, em até trinta dias serão substituídas por Felícios – árvores de pequeno porte que, além de gerarem sombra, são ideais para o local.

O replantio de árvores em calçadas de prédios e espaços públicos ocorre para dar espaço à Calçada Cidadã, na qual deve ser construída seguindo parâmetros específicos. O objetivo é proporcionar uma caminhada autônoma e segura ao pedestre, independente de idade, estatura, limitação de mobilidade ou percepção. “O Oiti é uma árvore de grande porte e raízes agressivas que, além de danificar a calçada, dificulta a passagem de pessoas”, explica a gerente de arborização e paisagismo da Secretaria de Meio Ambiente, Bruna Tose.

Na Praça da Paz, no centro, mais de 2.300 metros quadrados de calçada foram reestruturadas, além de Felícios plantados em alguns pontos. O local, que antes era esburacado e com poucos acessos para cadeirantes, agora está revitalizado e adequado para o fluxo de pessoas.

Silas Francisco Coelho, de 66 anos, se locomove pela cidade com ajuda de uma bengala e diz que as adaptações feitas na calçada da Praça da Paz são fundamentais para garantir mobilidade dele. “Na minha opinião, Aracruz é uma cidade privilegiada. Essa calçada aqui é boa, você não escorrega e também consigo subir com mais facilidade”, disse o aposentado.

Plantio de árvores em calçadas deve ser orientado pela Semam
Calçadas de estabelecimentos comerciais e residênciais são de responsabilidade do proprietário do imóvel mas, para que uma árvore seja retirada ou então plantada, o cidadão deve entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente (Semam). Após a solicitação desse serviço, técnicos da gerência de Arborização e Paisagismo realizam uma vistoria, com intuito de averiguar a possibilidade de corte e a espécie adequada para ser plantada.

Em frente à sede do Instituto de Defesa Agropecuária do Espírito Santo (Idaf), no centro de Aracruz, novas espécies de árvores também serão plantadas e a Calçada Cidadã em breve será construída. No entanto, por se tratar de um estabelecimento ligado ao Governo do Estado, a responsabilidade da construção e arborização do local não são da Prefeitura de Aracruz. “Neste caso o projeto já foi elaborado pelo Idaf, analisado e aprovado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura (Semob) e a execução também será feita pelo Idaf”, pontuou o secretário de Obras e Infraestrutura, João Paulo Calixto.

Novas construções precisam ter Calçada Cidadã 
Em novas construções, a calçada precisa ser construída de acordo com os requisitos da Calçada Cidadã. No caso de imóveis que já estão construídos, a calçada deverá passar por adequações.

De acordo com a Secretaria de Obras e Infraestrutura (Semob) as fiscalizações vão ocorrer a partir de outubro deste ano. Os serviços de construção, reconstrução ou manutenção de calçadas do Município de Aracruz devem seguir os padrões estabelecidos pelo projeto Calçada Cidadã e Decreto N.º 34.726, que regulamenta a Lei Municipal Nº 3.143/2008.

Tire suas dúvidas sobre a calçada cidadã
A Prefeitura de Aracruz está conscientizando os moradores sobre a importância de construir, recuperar e manter as calçadas, preservando a acessibilidade. Dúvidas podem ser tiradas pelos telefones: 

– Secretaria de Obras e Serviços Urbanos: (27) 3270-7986 
– Arborização e Paisagismo, Secretaria de Meio Ambiente: (27) 3270-7067

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.

TEXTO: Luã Quintão
E-MAIL: lrangel@aracruz.es.gov.br

FONTE: http://www.aracruz.es.gov.br/noticia/87608/