Prefeitura de Aracruz intensifica orientação quanto ao uso das faixas de pedestres

Prefeitura de Aracruz intensifica orientação quanto ao uso das faixas de pedestres

A Prefeitura de Aracruz, por meio da Secretaria de Transportes e Serviços Urbanos (SETRANS), com apoio do Lions Club, realizou neste sábado (20/07), mais uma ação de incentivo e orientação quanto ao uso correto das faixas de pedestres, tanto para quem trafega com veículos, quanto aos que transitam a pé.

A ação foi realizada nos semáforos próximos ao Banestes, Banco do Brasil, Posto Golfinho e em frente ao Residencial Lorenge. Nesses locais, cujo trânsito é intenso, servidores da SETRANS e membros do Lions Club, ao fechar dos semáforos, se dirigiam para frente dos carros e exibiam as faixas com o tema da campanha: “A vida passa pela faixa de pedestres”, e “Paciência muda tudo. Mais gentileza. Menos acidentes”. Eles também fizeram a entrega de panfletos com orientações para motoristas e pedestres.

“A maioria dos motoristas parou para nos atender, mas a gente se deparou com todos os tipos. Aqueles que não fizeram questão alguma de pegar nossos panfletos, aqueles que pegaram, mas imediatamente o jogam pela janela do carro, fora aqueles que jogaram o carro em cima da gente, e não nos deixaram estender a faixa”, chama a atenção um dos servidores que trabalhou na campanha.

Em função dessa desorientação e falta de respeito dos motoristas, a prefeitura tem intensificado essas ações com o intuito de chamar a atenção de cada um que trafega por Aracruz. “Nosso governo se preocupa cada vez mais com as questões do trânsito dentro de nossa cidade. Por isso, estamos realizando com frequência esse tipo de orientação”, ressalta o prefeito Jones Cavaglieri.

Atenção, pedestres!
Um outro problema que chama atenção em Aracruz é a desatenção dos pedestres, que caminham pela cidade na maioria das vezes de cabeça para baixo, sem sequer perceber que seu semáforo está fechado, acreditando que por ser faixa, eles sempre têm a preferência, e a atravessam mesmo com o sinal fechado.

“Isso é um grande erro. Tal costume é impróprio e traz riscos à vida de cada um. O pedestre aracruzense precisa aprender que deve esperar seu sinal abrir para atravessar a rua. Eles precisam olhar para frente, levantar a cabeça. Quando a faixa estiver localizada onde não há semáforos, eles têm a preferência, mas para isso precisam se atentar e esperar a resposta do motorista, que muitas vezes não fazem questão alguma de parar o carro”, comenta outro servidor que esteve nas ruas trabalhando na campanha.

TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br

FONTE: http://www.pma.es.gov.br/noticia/87475/